Dormir e deixar dormir

dormir

YES!!!!!!!!!!!!!!!!!!! tenho andado com muitos dilemas por causa dos momentos da Ana dormir. A sesta ou a hora de dormir à noite: É UMA SECA!!!! para as duas! Ela resiste (como é comum) e eu não quero que ela fique ensonada (mal disposta!) e quero garantir que ela descanse (como qualquer mãe). E, apesar de ela não fazer grande resistência em ir para a cama (e a soneca ela faz sem grandes problemas) para dormir é um martírio. Vai para a cama, sim… dormir é que nem por isso. Se fica sozinha chama-me de 5 em 5 minutos até sucumbir ao sono. Se fico com ela… rebola na cama insessantemente durante uma hora ou mais. E eu à espera que ela durma para ir fazer algum trabalho sem a minha lapinha apegada. Só me apetece deixar que ela caia para o lado!!!!! AHHHH!!!! Cá por casa não somos muito bons com rotinas… mas com a Ana tenho tido essa preocupação…. e é uma seca!!!!!!!!! mas tenho cumprido!! E já estou a ficar saturada. Chego à conclusão que não pode ser assim!! Mas então, como???
E se a deixar dormir como quando ela nasceu?? como ela quiser??? pensei no desespero!! o pensamento “e se…?” deixou-me preocupada e a pensar… talvez seja melhor ler sobre o assunto (estuda, Andreia!! Não fiques estúpida!).
Perguntei ao Dr. Google (sábio a qualquer hora!) que me despejou o habitual: horas certas, ritual, rotina, ursinho, bla bla bla… tudinho como eu faço (pronto… ela vai para a cama tarde….. mas à mesma hora, mais meia, menos meia hora… mais João Pestana e colinho e ursinho x 3 mais uma almofada “para fazer companhia” (palavras da bebé!)) OK! Não é isto! Co-Sleeping! interessa-me (que tem sido uma opção!). Bebé com sono leve!! Interessa-me!! (que eu também sou e acordo de hora a hora com ela!!!  all night long!!). De página em página encontrei um artigo da Naomi Aldort perfeito!! Ela estava a falar sobre nós!! Great!  Parei nela porque mesmo na noite anterior tinha estado a ouvir uma palestra dela no youtube sobre unschooling de que gostei profundamente. Achei que ela seria teria algo com sentido para mim. Todo.

Let your toddler stay with you. She may fall asleep in your or her father’s arms or on the couch right beside you. If she wakes up, she will find that you never left. If she is not directly on you, make sure to put your hand on her body any time she seems to be waking up. This way, sensing your presence, she may drift back to sleep without waking up.

If she is very willful and stays up, my suggestion is to celebrate this wonderful time together. Play, read, eat, laugh, and have a good time. Play with her, even though she may be tired and cranky. When toddlers fight sleep, our attempt to put them to sleep only ignites their resistance and creates mistrust and struggle. She will be much less cranky, despite her sleepiness, if you play with her. Even crying and loss of control are better than anxious sleep; validate her feelings, hold her, and let her run her own inner life.

Trust nature. Within a couple of weeks, she will settle into a new pattern. She will get the amount of sleep she needs. However, you can also consider a different solution: Instead of your child going to sleep later, you and your husband can go to bed with her earlier.

Cosleeping Reality: Your Toddler’s Bedtime May Be Yours, Too.

 

Esperam-me dias, ou melhor, noites, dolorosas! Mas vou confiar. Depois digo que tal.  (e talvez seja mesmo melhor ir para a cama mais cedo!!)

 

(Aqui um outro artigo sobre dormir todos juntos da Natural Parents Network: Five Benefits to Cosleeping Past Infancy )

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: