Da dança ou Do Corpo Sensitivo

A Ana é uma menina da palavra, gosta dos sons, dos seus contornos. Ela fala bem ao ponto de explorar falar mal. Engrumelar (está bem, esta palavra não existe! mas toda a gente sabe o que quer dizer) palavras por puro gozo. Agora quer ver o Noddy em inglês e temos grandes conversas em ninguês. No fundo, uma divertida intelectual de 2 anos. Mas…. mal o corpo começou a mexer com todo o controlo… descobriu a música. Não a que a mãe canta. Aquela que ela escolhe e quer ouvir até mexer. Há duas semanas tropeçámos num vídeoclip de Sia e desde aí todos os dias são dias de dança. Esta fabulosa menina detonou a dança na Anamé. A sala transformou-se numa festa de movimento e há grande rigor para seguir a coreografia. Esparregata incluída.  Repetidamente. Vezes sem conta. Até que descobre outro vídeo, daquelas músicas que ficam terrivelmente coladas na cabeça. E segue a dançar. E, de repente, e muito a propósito dos últimos interesses faz-se o Dia Mundial da Dança e e e e e…. o Rivoli com uma performance para maiores de 3 anos! VAMOS!!!! (A Anamé tem quase 3 e quem tem 2 tem 3!! e e e EU QUERO VER ESPECTÁCULOS outra vez!!!!) DIVA LITE, de Ben Evans………………………………………………………… Não pode entrar. Só com três anos feitos. Há aqui algo de ridículo. Espectáculos para maiores de uns quantos não interessam! Vamos embora. Vamos lá fora ver o Cadáver Esquisito que com as coisas dos surrealistas ficamos seguramente bem servidas, filha. E assim foi.  À chegada já havíamos visto o movimento livre da praça. Voltámos lá e tomámos os nossos lugares. Cada uma o seu. A mãe sentada com um olho nos bailarinos e outro na Ana, e a Ana no seu lugar de corpo em liberdade. – Mãe…. o que é que o menino está a fazer?  A pergunta mágica. Eu não sei, diz-me tu! E foi lindo. Maravilhoso. IMG_20150429_185505 Lá foi ela jogar um pouco. Aqui com a bailarina Joana Castro. Mas a Ana soube o seu tempo e deixou a Joana brilhar. Fantástica!!!! A Joana maravilhou-me. Magnética e surpreendente. A paragem do autocarro transformou-se num ponto de interrogação. Mas, discretamente, o corpo da Ana lá seguiu com a sua expressão. Foi um fim de tarde a lembrar a Paula Petreca e o seu Projecto Co, a sentir o granito em frente ao Rivoli. IMG_20150429_190234 IMG_20150429_190428 IMG_20150429_191135 IMG_20150429_191156

1 comentário a “Da dança ou Do Corpo Sensitivo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: