Brincar para não esquecer

Eu
“não me posso esquecer do que eu penso sobre as coisas da vida quando for grande”. era um pensamento que me assomava quando era criança, e que pressupunha o entendimento de que os adultos já se tinham esquecido de como era ser criança e as suas crenças, valores e, até, ética, tinham mudado. Fazia listas mentais das coisas especificas de que não me podia esquecer quando crescesse e angustiava-me ao pensar se o conseguiria porque era óbvio que era mesmo muito difícil – ninguém chegava inteiro a adulto. Eu também já não estou inteira, mas a lembrança dessa angústia leva-me a reencontrar, água vai água vem, o meu estado natural de felicidade. E, a verdade, é que eu só sou mesmo eu quando cumpro aquilo que me prometi. Água vai.

 

TARJA BRANCA

Drops of Joy /Tarja Branca / Gotitas de Alegria
Documentário, Brasil, 2014, 80’
Realização: Cacau Rhoden
Produção: Maria Farinha Filmes

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: